01/03/2013

Meus pensamentos (27/02/13);


Em momentos percebemos que não é que a escolha foi errada, mas sim o momento em que a tomamos. Não adianta nos precipitarmos diante de opções, temos que ter paciência pois só assim tomaremos a escolha certa. Temos que pensar muito antes de tomar alguma decisão, mas não demorar tanto, pois a vida ela é constituída de escolhas, e se não a tomarmos nossa vida não andará, apenas os dias passarão. Em muitas das escolhas que fazemos temos que nos arriscar, pois esse é o propósito de estarmos vivos, nos ARRISCAR. A algum tempo atrás, ou melhor, a muito tempo, eu era uma pessoa  medrosa em todos os aspectos, não só tinha medo de escuro ou de monstros debaixo da cama (ainda tenho muito medo), tinha medo de fazer escolhas, de me arriscar, de VIVER, eu vivia, ou ilusiona que vivia, dentro de um mundo onde só eu estava. Via pessoas crescendo, alcançando seu objetivos, e eu ali, no mesmo lugar. Mas um belo dia, conheci uma pessoa que me fez abrir os olhos, que me fez entender que o mundo não se baseava naquilo que eu estava ilusionando, a pessoa me mostrou também, que era hora de crescer, de me arriscar. E eu me arrisquei, e me arrisco. Acho que a felicidade se baseia nisso também, em si arriscar, pois quando nos arriscamos, sabemos o valor das coisas quando as conquistamos, e quando as perdemos. A vida não é só feita de sorrisos, mas também de lágrimas derramadas por olhos de tristeza, mas nunca olhos de vergonha, pois é melhor uma lágrima de derrota, do que uma lágrima de vergonha por não ter tentado.

(Autor: Jéssica Novaes)




Nenhum comentário:

Postar um comentário