08/11/2016

Papo de Amiga: Sentimentos e namoros precoces


Não sei o que se passa na cabeça da geração de hoje (digo "geração de hoje" pois já tenho 18 anos e sou da passada), meninas aos 12/13 anos já "amam" e querem ficar "para sempre" com aquela pessoa, querem fazer coisas que para sua idade não é adequado. As vezes penso que, ou sou muito antiquada e nasci na época errada ou as crianças/adolescentes estão colocando a carroça em frente aos burros.

Não falo a respeito dessas coisas sem fundamento, tenho uma postagem aqui no blog intitulada de "Como falar com seu pai que você está namorando" e vocês não tem noção de quantos comentários, e-mails e mensagens na página do Facebook recebi de crianças de 11/12/13 anos falando que amavam, que queriam fugir de casa e outras coisas que não consigo nem reproduzi aqui e os seus ficantes/namorados, em alguns casos, tinham mais de 18 anos. Fiquei realmente chocada. E isso só mostra o quanto essa nova geração é desinformada e influenciada pela anterior. 

Sim, são desinformadas, pois a imaturidade é tamanha que não permite que pensem pelas suas próprias cabeças e caiam na real sobre a realidade que vivemos. A falta de dialogo dentro da própria casa também é outro fator diretamente ligado aos relacionamentos precoces. Ninguém ama aos 12 anos, principalmente um cara de 20 anos. Além de ser pedofilia, a ilusão é mais que visível. 

Terá quem pense ao ler isso ou até comente que essas pessoas são novas e por isso não pensam, que faz parte da vida de cada um, do crescimento. Mas ai eu pergunto: Onde estão os pais/parentes para conversar sobre relacionamentos e sentimentos, principalmente sobre essa corja de machos que só quer iludir? É desde novos que precisamos mostrar o quão cruel é o mundo e as pessoas lá fora. Não podemos "mudar a cabeça" desses homens com mais de 18 anos, mas podemos ensinar aos nossos MENINOS e MENINAS o perigo que eles causam e como devem se comportar e agir diante dos acontecimentos. 

Quantas adolescentes grávidas estão por aí abandonadas pelo fruto de um relacionamento precoce e por uma ilusão desnecessária e por achar que amava?! E, por favor, não venha comentar que elas "abriram as pernas" porque quiseram. Quantas pessoas abusadas fisicamente e psicologicamente? Quantas pessoas nem sabem mais o que é sentimento ou relacionamento? Devemos ter empatia para com o próximo, principalmente para com a próxima geração. Eles não precisam sofrer o que sofremos ou passar pela mão de pessoas mal amadas.


Acompanhe o blog nas Redes Sociais:
 FACEBOOK | INSTAGRAM | YOUTUBE | TWITTER.

4 comentários:

  1. Hum entendo o que quis dizer rsrs.
    Essa nova geração tah super acima, não estão passando com calma por cada etapa da sua vida.
    Onde moro mesmo, tem várias crianças, adolescentes que saem na rua até tarde, que já namoram e tdu mais.
    È complicado né... Mas enfim quem somos pra dizer o que é certo ou não rsrs.
    Adorei seu post.
    https://blogdajenny2014.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O problema não é saírem tardem, namorarem, mas sim a ausência e acompanhamento dos pais nesse processo.

      Excluir
  2. GENTE EU LEMBRO DAQUELE POST, também fiquei chocada com as histórias que as meninas contavam lá, a maioria em anônimo.
    Mas é Jessica, infelizmente vemos muitas menininhas novinhas por aí criando um filho sozinha. Fico lembrando que na idade delas eu ainda estava com medo de dar um simples beijo em algum menino, mas que queria fazer isso porque todas as minhas amigas tinham feito. E essa é uma das coisas que eu faria diferente se pudesse aconselhar meu eu de 12 anos.
    Achei que essa nova geração não fosse cair na besteira de cometer os erros que os outros cometem por aceitação, mas parece que é isso. Ou é o extremo oposto, querer fazer o que der na telha sem se importar com as consequências.
    Seja lá o que for, alguém precisa alertá-los, e é esse o dever dos pais/amigos de verdade.
    calmomila

    ResponderExcluir