27/02/2019

05 fatos históricos sobre Portugal


Sabia que o embaixador português Sousa Mendes salvou mais judeus do holocausto do que Schindler? Sabia que os médicos portugueses já foram famosos em diversas cortes europeias? Há alguns fatos importantes sobre Portugal que nem mesmo os portugueses conhecem, então acredito que vale a pena apresentá-los neste artigo. Fizemos uma coletânea das cinco principais curiosidades acerca da história de Portugal que desafiam os nossos conhecimentos.


Antes de irmos ao assunto, no entanto, deixamos o endereço do portal Telefone-Número. Lá irá encontrar informações sobre canais de contato, atendimento ao cliente e breves descrições sobre as empresas de todos os ramos de atuação que atendem em Portugal.
Então, vamos às cinco curiosidades sobre a história de Portugal que provavelmente não conhecia. Confira abaixo:

1.    O herói dos judeus, o cônsul Sousa Mendes
Em 1940, no ano da invasão da Alemanha Nazi à França, o cônsul de Portugal em Bordéus, Aristides de Sousa Mendes, desafiou as ordens do ditador Salazar e, durante cinco dias, concedeu milhares de vistos de entrada em Portugal a refugiados que desejavam sobreviver ao genocídio que lá era cometido pelos oficiais nazistas. Chamado de “o Schindler português”, Sousa Mendes salvou a vida de aproximadamente 10 mil judeus.

2.    A fama dos médicos europeus no século XVI
Quase todas as cortes da Europa tinham o auxílio de um médico português no século XVI. Isto porque a fama da Universidade de Coimbra, a mais antiga universidade do mundo, já era internacional. Além disto, os conhecimentos trazidos acerca das doenças dos nativos das colônias portuguesas – como o Brasil – davam-lhes vantagens frente aos médicos que nunca tinham além do continente europeu.

3.    O famoso “chá das 5” da Inglaterra tem origens portuguesas
Apesar de o hábito de tomar chá ser muito tradicional na Inglaterra, esta iguaria foi descoberta pelos chineses e introduzida na Europa pelos portugueses, no século XVI. Na realidade, quem a popularizou na corte inglesa foi a rainha Catarina de Bragança, que se casou com o rei D. Carlos II, de Inglaterra. Em 1662, D. Catarina viajou para Londres levando em sua mala folhas de chá. A partir de então, as caixas de chá transportadas pela rainha foram marcadas como Transporte de Ervas Aromáticas, abreviado como TEA. Agora já sabe o motivo da palavra “tea” em inglês significar “chá”, não é mesmo?

4.    Já existiu um pequeno país entre Portugal e Espanha
Durante 800 anos, existiu um país chamado Couto Misto, que ficava na fronteira norte do atual Concelho de Montalegre, em Portugal. Portanto, este microestado independente estava encravado entre Espanha e Portugal, tinha regras próprias e podia acolher refugiados de ambos os países. Este país existiu entre o século X e 1868, totalizando cerca de 800 anos de história.

5.    A primeira bandeira portuguesa era igual à atual bandeira da Finlândia
A bandeira de fundo branco e com uma cruz azul foi a de Portugal durante o reinado de D. Afonso Henriques (1143 – 1185). Isto porque, ao longo das primeiras lutas pela independência do país, D. Afonso teria usado um escudo branco com uma cruz azul, tal como seu pai, Conde D. Henrique. As armas eram simbolizadas pela cruz em campo de prata.


Acompanhe o blog nas redes sociais:

Nenhum comentário:

Postar um comentário